DE ÁGUAS E MOINHOS
Postado em 12 Sep 2016 19 17 HISTÓRIAS DE MERICÓ



A ventania rasteira que antecede a chuva
tem cor de música antiga
cheiro de infância
sabor de terreiro varrido...

De pés descalços, mãos sujas, suspensórios...
sou menino mal ouvido pisando em terra quente

Um céu de chumbo pesa-me sobre os ombros
Chuvas passadas encharcam-me o peito
Coagidos, movem-se, entre rangidos
os moinhos da alma.

Aldenir Dantas


Para abrir a janela de comentários, clique sobre o título do texto ou sobre o link de um comentário >>:
Para abrir a janela de comentários, clique sobre o título do texto ou sobre o link de um comentário

Deixe seu comentário
Seu nome
Escreva aqui
Código de confirmação